Textos

UMBANDA, QUIMBANDA E KIMBANDA


A respeito da Umbanda, já sabemos (por vários textos publicados anteriormente) que é uma religião brasileira, nascida em 1908, no Rio de Janeiro, através do Caboclo das Sete Encruzilhadas que, incorporado em seu médium, Zélio Fernandino de Moraes, de 17 anos, fundou a nossa religião. Logo, passemos aos significados que nos interessam neste texto.

Primeiro

Quanto a Quimbanda, escrita com a letra “Q” é uma das maneiras de designar o trabalho dos Exus e Pomba Giras dentro da Umbanda, ou seja, o trabalho da Esquerda. Nos dias de gira de Esquerda, normalmente se diz que o trabalho será de Quimbanda, isso porque os Exus e Pomba Giras lidam com as energias mais densas e pesadas do Embaixo, trabalhando com excelência com aquilo que denominamos de “sombras” ou “trevas”, que são as negatividades mais contundentes da espiritualidade e que, por vezes, necessitamos da Ação dos Exus e Pomba Giras para nos livrarmos de tais energias, pois, caso não tenha percebido, todos nós temos um lado negativo, de sombras, de trevas que precisamos trabalhar, nos aperfeiçoar, vencer. Os Exus e Pomba Giras nos ajudam nessa missão, nos protegendo ainda contra as negatividades do baixo astral. Assim, o trabalho de esquerda de Exus e Pomba Giras são denominados de Quimbanda.

Há Caboclos Quibandeiros, Pretos-Velhos Quimbandeiros, Marinheiros Quimbandeiros, etc., e isso significa que, além do trabalho comum de suas Linhas (na Direita), estes espíritos também atuam ao lado dos Exus e Pomba Giras, vindo daí o nome “Quimbandeiros”, ou mesmo atuam com sua própria falange na região denominada de Baixo Astral. Estas entidades que são Quimbandeiras trabalham com maestria na quebra de demandas, de magias negativas, lidando de maneira firme contra os espíritos do baixo astral. Assim, temos, por vezes, uma parceria entre entidades da Direita e da Esquerda.

Segundo

O Termo “Quimbanda” (ainda com a letra “Q”) também serve para designar um tipo de culto que só trabalha com Exus e Pomba Giras. Esse culto, voltado apenas para Exus e Pomba Giras, também é denominado Quimbanda, e o fato de trabalhar apenas com Exu e Pomba Gira não significa que praticam o mal, não confunda as coisas. Esses terreiros, casas ou templos praticam apenas o bem, salvo exceção. Assim, o trabalho só com os espíritos de esquerda também é denominado Quimbanda.

Terceiro

Há ainda quem trabalhe com magia negra, com magia negativa e chame o seu culto de Quimbanda, inclusive, em muitos cultos destes é utilizado o nome das entidades de esquerda da Umbanda (Tranca-Ruas, Tiriri, Sete Saias, Maria Mulambo, etc), apesar de não ter nada a ver com Umbanda, pois a nossa Religião só pratica o bem, apenas o bem. Em geral, essas casa que se denominam de "Casa de Quimbanda" trabalham sob os fundamento de magia europeia, ou seja, outro conhecimento magistico, entretanto, no momento de denominar seu trabalho, chamam de Quimbanda, sem entender as origens e idenficação que esse nome traz.

Kimbanda

O termo “Kimbanda” com “K” designa um xamanismo angolano, onde o Kimbanda é um xamã de uma tribo e realiza um trabalho espiritual denominado “Mbanda” (lê-se “Umbanda”). Esse Kimbanda realiza curas, desobsessões e diversos atendimentos espirituais, podendo praticar um pouco de feitiçaria, um pouco de magia e até mesmo um sacerdócio mais solitário, mas sempre, sempre para o bem.

 As práticas desse culto é totalmente diferente daquilo que é praticado na Umbanda, pois em Angola, local desse Kimbanda, não se cultua Orixás, mas sim Nkices,  ou por influência do Congo, os Tatas e as Yaias; esse Kimbanda trabalha com divindades, trabalha com espíritos, com fórmulas mágicas, com rezas, mas a religiosidade que ele pratica é totalmente diferente daquela que cultuamos e vivenciamos na Umbanda.

Assim, o Kimbanda com “K” é um xamã que lida com a espiritualidade das tribos; geralmente se tem um Kimbanda em cada tribo. Note que esse Kimbanda é um ser humano que traz uma religiosidade, mas não é uma religião, como, no caso, a Umbanda.

É fato que a palavra Umbanda tem origem africana, é uma palavra angolana da língua Kimbundo, mas é um neologismo, ou seja, tem outro significado (como vimos noutros textos postados aqui). Em Angola “Mbanda” ou Umbanda é o nome dado ao trabalho do Kimbanda, no Brasil, é o nome da nossa religião, que é totalmente diferente do trabalho praticado pelo Kimbanda em Angola.


Dúvidas e Perguntas:
E-mail:jaderoliveira.j@hotmail.com

 
 
 
 
Primado Sete Covas do Brasil Templo de Umbanda
Enviado por Primado Sete Covas do Brasil Templo de Umbanda em 21/05/2016
Alterado em 25/07/2017

Música: Ponto - Exu Veludo,Caveira,Tranca Ruas,Marabô,Toquinho,7 Encruzilhadas,7 facas-iOJhop17u00 - Desconhecido

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários